sexta-feira, agosto 26, 2005

8

se minha medéia se zangar
fujo num carro de fogo
antes dos filhos nascidos
mato a doida aflita
e a ensino a esquecer